segunda-feira, 11 de maio de 2009

Amigos do POLEM - parte I

O que seria do POLEM sem o apoio de seus fiéis amigos? Em agradecimento a eles, inicio agora uma série com a publicação de poemas dos nossos freqüentadores mais assíduos, a começar com nosso querido João João.

SEUS OLHOS

Olhos grandes, coloridos, intensos.
Do tamanho do mundo.Que falam, se comunicam, gritam
dos lugares mais profundos do ser.

Olhos que se desnudam e revelam
o que a boca jamais ousaria dizer.
Que clamam por justiça,
aconchego, colo, chamego.

Olhos insones
agitados, intranqüilos,
de quem se vira na cama
e resiste ao sono
que insiste em chegar.

afinal, para que dormir demais,
se temos toda a eternidade para tal?

Olhos sempre alertas,
de quem espera a felicidade passar
a qualquer instante.
De preferência,
num cavalo branco
como naqueles velhos contos de fada.

Olhos que insistem em viver
um dia após o outro
degustando cada minuto e cada segundo
como se derradeiros fossem!
(e não o seriam?)

Olhos de quem gosta de gente
de quem se vê no outro
como num espelho.

Olhos carentes,
vermelhos,
que ainda esperam o grande amor.

Que pode ser o próximo,
porque não?

Olhos de guerreira, que cai e levanta
mil vezes se preciso for.

Olhos de quem escreve a própria história
e se recusa a ser na vida,
uma mera coadjuvante.
Olhos de comandante,
mas ao mesmo tempo
frágeis feito uma flor,
sempre prontos e dispostos,
a se render e a se curvar
perante à grandeza e à majestade
de um grande amor!

(07-2007)

Revisão: Vera Sarres
(verasarres.revisao@yahoo.com.br)

2 comentários:

Reflexo d'Alma disse...

Delícias de versos!

""Olhos de comandante,
mas ao mesmo tempo
frágeis feito uma flor,
sempre prontos e dispostos,
a se render e a se curvar
perante à grandeza e à majestade
de um grande amor!""

Passando pra conhecer, volto pra me deliciar mais...

Bjins entre sonhos e delírios

Lúcia Nobre disse...

O Poesia no Leme foi uma feliz surpresa . Bom encontrar meus pares
neste belo espaço de poesia.
Convido-os a visitar, também, meu Blog- www.erotopoemas.blogspot.com
Candito-me, desde já, a fazer parte deste seleto grupo de poesia.
Lúcia Nobre

e-mail: lucnobre@terra.com.br